Visto em Venezuela

Muitas vezes nos perguntaram se era necessário um visto para entrar a Venezuela, por isso decidimos escrever este pequeno articulo chamado Visto em Venezuela e assim responder as perguntas mais comum de todos aqueles viageiros que desejam visitar Ilha de Margarita desde seu pais de origem.

visa venezuela
Información para ingresar a Venezuela

Para entrar a República Bolivariana de Venezuela como turista, você vai precisar de um passaporte com pelo menos 6 meses de vigência, um visto ou uma permissão fronteiriça segundo o caso que corresponda.

O que é um visto de turista?: É uma permissão que é outorgada que quem deseja entrar a Venezuela com fins de recreio, saúde ou atividades, que não involucre remuneração ou lucro, contando com empresas radicais no pais ou com pessoas do setor público ou privado.

O que é uma permissão fronteiriça? É um documento especial que se outorga a todas as pessoas nacionais de Venezuela ou Colômbia, domiciliados na região fronteiriça, que precisa atravessar o pais vizinho para permanecer temporariamente. Este documento poder ser obtido sem necessidade de passaporte e lhes dará direito de permanecer, na região definida como fronteiriça no território de qualquer um dos dois países, por um período limitado cada vez que for usado.

¿Onde são expedidos os documentos fronteiriços? São expedidos nos consulados de Venezuela localizados nas fronteiras, ou seja, Arauca, Cúcuta, Riohacha, Puerto Carreño e Puerto Inírida.

A continuação uma lista dos países exentos de visto de turismo para entrar a Venezuela..

Alemanha, Andorra, Antígua e Barbuda, Antilhas Neerlandesas, Aruba, Austrália, Argentina, Áustria, Barbados, Bélgica, Belize, Brasil, Canadá, Costa Rica, Chile, Dinamarca, Dominica, Espanha, Finlândia, França, Grã-Bretanha, Grécia, Granada, Guatemala, Hong Kong, Irlanda, Islândia, Itália, Jamaica, Japão, Liechtenstein, Lituânia, Luxemburgo, México, Mônaco, Malásia, Noruega, Nova Zelândia, Paraguai, Países Baixos, Polônia, Portugal, Reino Unido, África do Sul, São Cristóbal e Nevis, Santa Lucia, San Marino, San Vicente e as Granadinas, Suécia, Suíça, Taiwan, Trinidad e Tobago, Turquia e Uruguai.

Países pertencentes ao Alba e MERCOSUL.

Os visitantes poderão permanecer no país 90 dias não prolongáveis.

Esperamos que esta informação tenha sido útil.

Valoramos mucho tu opinión, califícanos aquí!
[ratings id=”0″]